Notícias

A CSP-Conlutas reforça a campanha Escolas Fechadas, Vidas Preservadas

A CSP-Conlutas segue intensificando sua política contra o retorno escolar presencial com a campanha “Escolas Fechadas, Vidas Preservadas. Volta às aulas, só depois da pandemia”. Como parte da luta contra essa volta prematura, foram elaborados novos materiais gráficos, um spot (para ser trabalhado em rádios e carros de som) e um boletim eletrônico para alertar a população e a comunidade acadêmica dos riscos (os materiais podem ser acessados ao final desta matéria).

Essa campanha se contrapõe à política assassina de Bolsonaro que, nesta quinta-feira (24), voltou a defender a volta imediata das aulas presenciais nas escolas.

O presidente de ultradireita minimizou novamente a pandemia e ignorou a realidade de milhares de professoras (res) e famliares de alunos pelo país com comorbidades e que estão na faixa de risco com a Covid-19.

“É o que falava lá atrás, é tomar cuidado quem tem comorbidade, esperando uma vacina e um remédio comprovado cientificamente, mas não adianta, vai acabar pegando. E ficando em casa não resolve nada porque um dia vai ter que sair da toca, sair de casa”, afirmou, jogando esses educadores à própria sorte.

Seguiu sua linha de reafirmar que as pessoas que não estão na faixa de risco não sofreriam os impactos se contraíssem o vírus. “A chance de pegar o vírus existe para todo mundo, mas uma quantidade, um porcentual enorme, não atinge em nada as pessoas, nem aquela gripezinha ela pega”, disse, em sua última live pelas redes sociais.

Ignorou o fato da resistência à volta às aulas até mesmo em colégios militares, defendido por ele como modelo de educação, ou seja, nem mesmo seus pares estão convencidos de que a volta às aulas é segura.

Voltou a atacar ainda os sindicatos, mencionando que nesses colégios os profissionais resistem porque são sindicalizados. “Estamos tendo problemas em colégios militares porque tem muitos professores civis, são sindicalizados, e uma pressão enorme para o continue ficando em casa. É uma politização do vírus”, destacou.

Contra esse governo que defende o lucro acima da vida, a CSP-Conlutas elaborou esses materiais que devem ser amplamente divulgados por sindicatos e entidades que integram a Central.

Proteja sua família. Vamos impulsionar essa campanha que defende a vida. Volta às aulas presenciais, só depois da pandemia.

Confira os materiais:

Card para as redes sociais

Capa para o  Facebook

Boletim eletrônico em PDF (AQUI)

Boletim eletrônico em JPG (Clique na imagem para ampliar)

Spot para rádios e carros de som

Fonte: CSP Conlutas

Postagens Relacionadas

Arquivos anteriores

Sindicalize-se

Se você é trabalhador do comércio da cidade de Passo Fundo ou da nossa região, procure o sindicato e descubra a importância da nossa organização.
Não fique só, fique sócio!

Clique aqui para fazer o download da ficha de inscrição (pdf)

Tags Populares

Localização

Endereço

Rua Moron, 1731, 4º andar - Centro
Cep: 99010-032
Passo Fundo - RS
(54) 3311-1434
(54) 3317-1930
secpf@secpf.com.br